IAT produz 100 milhões de grampos

20/07/2011

A IAT Fixações Elásticas atingiu a produção e venda de 100 milhões de grampos, em julho deste ano. O número é a somatória da produção desde 1997. Como forma de celebrar a marca, a empresa criou uma placa comemorativa. Neste ano, a empresa fechou importantes contratos como o fornecimento de 12,8 milhões de grampos Fastclip para a Estrada de Ferro Carajás (EFC), da Vale, em um contrato de cinco anos.  Segundo o diretor-presidente, Alexander Ellwanger, este é o maior contrato do mundo, no momento, para o fornecimento de fixações elásticas.

Entre os contratos também estão 1,8 milhões de grampos Pandrol e para a Ferronorte, da ALL; 1,3 milhões de grampos Pandrol e para as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol); e 1,2 milhões de grampos Pandrol e para a Ferrovia Norte-Sul.  Os fornecimentos são completos, incluindo chumbadores, almofadas e isoladores.

A empresa também está fornecendo soldas aluminotérmicas Railtech, com cadinho descartável, para a Transnordestina, e continua o fornecimento de grampos Pandrol "e" para a MRS Logística. Além do Brasil, os produtos da empresa são utilizados em ferrovias da Argentina, Chile, Colômbia, Bolívia, México e Canadá. Sediada em Porto Alegre (RS), a IAT faz parte do Grupo Delachaux, juntamente com a Pandrol International, Railtech (França), Vortok (Reino Unido), Rosenqvist (Suécia) e Matweld (EUA). A empresa fabrica fixações elásticas para trilhos ferroviários desde 1977.

Páginas